NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

22/02/2016

Coluna Desmistificando Tributos – O que nos espera na política em 2016?

Por Josceli Pereira*

Depois do carnaval começará pra valer a corrida dos partidos em organizar seus quadros de candidatos para a eleição em outubro nos cargos de prefeitos e vereadores. Observando neste momento nada parece estar definido ainda que possa dar qualquer pista de como será o resultado do pleito.

Todos os partidos já estão preparando seus candidatos a prefeito, independentemente das chances de êxito, pois precisam “gastar” os recursos do fundo partidário que quase triplicou os valores, sem contar que os candidatos a vereadores necessitam de candidatos ao cargo majoritário para uma melhor desenvoltura das suas campanhas. Este posicionamento sinaliza um segundo turno quase obrigatório, onde serão feitas as composições e apresentadas a mesas das negociações, por cargos em troca de apoio.

Vários partidos já não escondem esta informação e falam abertamente das suas escolhas para apoio no segundo turno, mesmo antes de ocorrer o primeiro. Em Campo Grande ainda teremos, até a abertura do pleito, as decisões da Justiça que envolve a possibilidade de afastamento de vários políticos por implicação em crimes praticados nos últimos anos e que abrange uma verdadeira avalanche de nomes de figurinhas carimbadas no cenário político da nossa capital morena.

A renovação das cadeiras da Câmara é evidenciada com a possibilidade de desistência de vários nomes de vereadores em concorrer em 2016. O desgaste político ocorrido com os escândalos e a preocupação com a mudança no rumo de financiamento das campanhas, bem como o medo da ação policial que se avizinha, está fazendo muita gente acostumada em conseguir os sufrágios somente pela barganha monetária a repensar essa possibilidade de disputa.

Sem contar com a revolta do eleitor frente aos noticiários que trazem os esquemas praticados e a corrupção estabelecida na política local. Há conscientização de uma parcela da população que chegou o momento de mudar este cenário, e que os representantes políticos da sociedade precisam ser éticos e ter honestidade para que sua atuação possa corresponder à confiança depositada nas urnas.

Desta forma os pré-candidatos “novatos” terão uma possibilidade muito grande de lograrem êxito na próxima eleição, se tiverem propostas condizentes com os desejos dos eleitores. Terão menos rejeição e poderão oferecer uma melhor opção de candidatura. O eleitor quer mudança. Quer gente com capacidade de executar seu trabalho legislativo que traga um resultado para toda a população. Que seja honesto e ético. Que não se envolva com falcatruas dos esquemas que lesam os cofres públicos.

Este ano será o momento de avaliação precisa dos atuais políticos de plantão. O povo fará a verdadeira pesquisa de satisfação. Aquela pesquisa que não pode ser manipulada. As estatísticas indicarão qual o comportamento que a população busca dos seus representantes.

Uma boa escolha devolverá a chance de nossa cidade voltar a ser aquela capital tranquila, limpa e sem tantos problemas. Onde a educação, saúde e segurança possam oferecer um atendimento justo aos munícipes. A conscientização de todos é fundamental para este cenário de renovação. Convoque sua família, fale mais sobre tudo isto que está acontecendo e ajude a divulgar a necessidade de se fazer uma campanha limpa. A cobrança não pode apenas recair nos políticos, nós eleitores precisamos fazer nossas escolhas de forma honesta e consciente. Nada pode substituir a consciência tranquila e íntegra do eleitor.

Você é um agente de mudanças, pode ajudar a transformar o cenário político a começar pela sua própria conscientização. Faça isto e o resultado será uma cidade melhor de se viver.

* Josceli Pereira é Fiscal Tributário Estadual, formado em Administração/UFMS – Especialista em Perícia e Investigação Contábil-Financeira Empresarial/INPC-UCDB e em Desenvolvimento Regional e Competitividade/UFMS.

Confira mais artigos no endereço http://www.semanaon.com.br/colunas/7/desmistificando-tributos

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS