NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

01/04/2020

Covid-19: barreiras sanitárias começam a funcionar em três municípios na divisa com SP e PR

Campo Grande (MS)– As barreiras sanitárias em Bataguasu, Três Lagoas e Mundo Novo começam a  funcionar a partir desta quarta-feira (01.04) e as demais serão implantadas gradativamente. Outra ação contra o coronavírus início nesta segunda-feira (30.03), que é o controle sanitário no Aeroporto Internacional de Campo Grande, trabalho realizado pelo Governo do Estado, em conjunto com a vigilância sanitária municipal e a Infraero. Os passageiros que passam pelo local respondem um questionário, e aqueles que tiverem uma resposta positiva para algumas das perguntas, farão o cadastro e serão monitorados.

Conforme o Decreto Estadual Nº 15.399, ao todo serão 13 barreiras, sendo 12 fixas que usarão os postos de arrecadação do ICMS da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e uma volante localizada no município de Costa Rica. Toda a estrutura será por conta dos municípios parceiros nesta operação. No total, 78 policiais militares e bombeiros militares foram mobilizados para esta ação.

Cada posto vai contar com quatro policiais militares e dois bombeiros militares. Além disso, em pelo menos oito unidades terão apoio de uma base móvel da Polícia Militar. Nas demais, vans furgão deverão auxiliar as equipes nas barreiras.

Como vai funcionar o atendimento

Segundo o presidente da Comissão de Controle Sanitário (CCS-MS), coronel do Corpo de Bombeiros Militar Hugo Djan, tanto os policiais militares quanto os bombeiros militares seguirão os protocolos de segurança já estabelecido e utilizarão os Equipamentos de Segurança Individual (EPIs).

Os motoristas e acompanhantes serão submetidos a um questionário de verificação e caso a resposta seja positiva, medidas de verificação como aferição da temperatura corporal por meio de um termômetro digital infravermelho, constatação de dificuldade de respiração, coriza, tosse seca, dor de cabeça, vômitos, serão realizadas.

Os sintomáticos, que apresentem doenças respiratórias, deverão preencher um formulário e um termo de compromisso para apresentação obrigatória ao serviço de saúde e procurar uma unidade hospitalar municipal. E os assintomáticos, que tenham tido contato com suspeitos de Covid-19, deverão se comprometer a cumprir isolamento voluntário em casa, por sete dias.

Histórico

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul anunciou, (23.03), o controle sanitário nas 13 divisas do Estado com outras unidades federativas, com o objetivo principal de evitar a transmissão do coronavírus.

A medida foi decidida após o governador Reinaldo Azambuja ouvir as recomendações técnicas da Secretaria de Estado de Saúde. “Não é uma barreira, porque não é um fechamento, como o Governo Federal determinou nas fronteiras internacionais. Nós estamos mantendo o controle sanitário nas 13 entradas do Estado, por profissionais da saúde, por policiais treinados, por equipes da nossa vigilância sanitária epidemiológica que, através da Iagro, vão controlar, dialogar com as pessoas que adentram ao Estado e verificar se tem algum sintoma até para os encaminhamentos”.

A implantação do controle sanitário nas 13 saídas do Estado ocorre nas vias que ligam Mato Grosso do Sul aos estados de Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Paraná.

Veja todos os pontos

I – Posto Fiscal Ilha Grande, no Município de Mundo Novo;

II – Posto Fiscal XV de Novembro, no Município de Bataguassu;

III – Posto Fiscal Jupiá, no Município de Três Lagoas;

IV – Posto Fiscal Itamarati, no Município de Aparecida do Taboado;

V – Posto Fiscal João André, no Município de Brasilândia;

VI – Posto Fiscal Ofaié, no Município de Anaurilândia;

VII – Posto Fiscal Foz do Amambai – Porto Camargo, no Município de Naviraí;

VIII – Posto fiscal Selvíria, no Município de Selvíria;

IX – Posto Fiscal Alencastro, no Município de Paranaíba;

X – Base de Fiscalização Móvel Aporé, no Município de Cassilândia;

XI – Base de Fiscalização Móvel Campo Bom, no Município de Chapadão do Sul;

XII – Posto Fiscal de Sonora, no Município de Sonora;

XIII – Base de Fiscalização Móvel, no Município de Costa Rica.

 

Rodson Lima – Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)

Foto: Chico Ribeiro

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS