NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

26/11/2018

Depósito de R$ 20 milhões vai ajudar governo pagar 13º de servidores

Dos R$ 165 milhões que o Banco do Brasil pagará ao Governo de Mato Grosso do Sul para renovar a contração de exploração da folha de pagamento dos servidores estaduais, pelo menos R$ 20 milhões (20% do montante) serão depositados à vista. O aporte, segundo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), vai ajudar no 13º do funcionalismo público.

“Vai ser feita em parcelas [a compra da folha], como é a proposta do banco para inúmeros Estados e prefeitura. Esses 20% que são aportados à vista ajudam no pagamento do 13º agora em dezembro e o restante vão ajudando a custear despesas correntes”, explicou Reinaldo.

O chefe do Executivo estadual não adiantou a data de pagamento do 13º salário. “Será em dezembro, mas não fechamos a data ainda”, disse da plateia da etapa de Campo Grande do Circuito Open de Vôlei de Praia na manhã deste domingo (25).

Renovação – Na quinta-feira (22), o governo renovou por mais 30 dias o contrato da folha de pagamento dos servidores com o Banco do Brasil, conforme publicado no Diário Oficial do Estado.

Na mesma data, o governador revelou que estava adiantado o processo de negociação com o banco estatal, que havia feito proposta de pagar R$ 165 milhões pela conta. O Estado tem 75 mil servidores e a folha é de cerca de R$ 450 milhões por mês.

Campo Grande News.

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS