NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

07/04/2020

Fenafisco realiza reunião com sindicatos para definir ações da entidade

Em decorrência do isolamento necessário para conter a expansão da Covid-19, a Fenafisco aderiu ao uso da tecnologia para aproximar a Federação dos sindicatos filiados, de modo a facilitar o debate e possibilitar a deliberação conjunta de ações prioritárias para a manutenção da entidade.

Nesta quinta-feira (2), o colegiado realizou o primeiro encontro por videoconferência – que antecede a 201ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo (também virtual), de modo a explorar as potencialidades da interface digital para encontros remotos.

Além de compartilhar relatos sobre a situação econômica e social de cada estado, o grupo discutiu o cenário político do país e a situação do serviço público.

Na oportunidade os dirigentes sindicais avaliaram as estratégias de divulgação da Carta Aberta à sociedade, assinada pela Fenafisco e entidades parceiras, – Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), os Auditores Fiscais pela Democracia (AFD) e o Instituto Justiça Fiscal (IJF), aos parlamentares, em que propõem a taxação das grandes fortunas, lucros e dividendos, e outras alterações no sistema tributário, como alternativa para arrecadar mais de R$ 270 bilhões para o enfrentamento da crise social e econômica que decorrerá da pandemia do coronavírus.

Ao final foi criado um Grupo de Trabalho (GT), com o objetivo de analisar os impactos e propor ações emergenciais para minimizar os efeitos da crise, especificamente no âmbito estadual.

CONGRESSO NACIONAL

Por meio do grupo virtual do Conselho Deliberativo, no whtasapp, o diretor parlamentar da Fenafisco, Ricardo Bertolini, assegurou aos sindicatos filiados que o acompanhamento de matérias apreciadas e votadas virtualmente no Congresso Nacional estão entre as ações prioritárias da Federação, em especial a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional 10/2020, a chamada PEC do Orçamento de Guerra.

Bertolini lembrou que a Fenafisco disponibilizou a todos o relatório encomendado à assessoria parlamentar da entidade, Metapolítica, sobre a matéria em questão, com o objetivo de nivelar informações, bem como manter as bases informadas.

“Solicitamos aos sindicatos entrem em contato com os parlamentares, para sensibilizá-los a não apoiar qualquer destaque que eventualmente seja feito à PEC 10, incluindo as emendas 4 e 5. Apesar de avaliarmos que as Emendas em questão têm baixíssima probabilidade de aprovação neste momento, precisamos continuar vigilantes, pois, na política, quase tudo pode ser revertido”, destacou.

COLABORADORES

Em paralelo, a Diretoria Executiva da Fenafisco (DirEx), tem realizado reuniões pontuais com os funcionários da entidade, a fim de fazer um balanço das atividades realizadas na modalidade home office, para garantir de maneira eficiente o pleno funcionamento da Federação.

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS