NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

20/10/2015

‘Inflação do aluguel’ avança em outubro e acumula alta de 10%

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), conhecido como “inflação do aluguel” porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, ficou em 1,86% na segunda prévia de outubro, após variar 0,65% no mesmo período do mês anterior.

No ano, o indicador acumula alta de 8,32% e, em 12 meses, de 10,06%, segundo informou, nesta terça-feira (20), a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Usado no cálculo do IGP-M e com o maior peso, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede os preços no atacado, passou de 0,89% em setembro para 2,63% no mês seguinte. As maiores contribuições partiram de soja e milho (ambos em grão), farelo de soja, minério de ferro e laranja.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que avalia os preços no varejo e compõe o cálculo do IGP-M, registrou variação de 0,57%, ante 0,23% em setembro. A principal contribuição partiu do grupo transportes, cuja taxa passou de 0,27% para 1,22%.

Também usado para calcular o IGP-M, mas com o menor peso entre os subíndices, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) apresentou variação de 0,14%. No mês anterior, a taxa foi de 0,11%.

Fonte: G1

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS