NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

07/06/2016

Inflação pelo IGP-DI acelera e acumula alta de 11,26% em 12 meses

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) acelerou de abril para maio, passando de 0,36% para 1,13%, segundo informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira (7). No ano, o indicador acumula alta de 4,32% e, em 12 meses, de 11,26%.

O IGP-DI é usado como referência para a correção de preços e valores contratuais. Esse indicado é o indexador das dívidas dos Estados com a União. O IGP-DI de maio foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 31.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), subíndice que calcula os preços no atacado, registrou variação de 1,49% em maio, contra 0,29% em abril.

Também usado no cálculo do IGP-DI, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou de 0,49% para 0,64%. A contribuição de maior peso partiu do grupo habitação (de -0,29% para 0,77%), com destaque para tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de -3,75% para 2,2%.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 0,08%, abaixo do resultado do mês anterior, de 0,55%. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços mostrou variação de 0,07%. No mês anterior, a taxa foi de 0,35%. O índice que representa o custo da mão de obra registrou variação de 0,09%. No mês anterior, variou 0,72%.

Fonte: G1

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS