NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

09/11/2017

Meirelles diz que reforma da Previdência deve manter cerca de 50% da proposta original

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira (9) que o governo deve apoiar a aprovação, no Congresso, de uma proposta de reforma da Previdência que mantenha cerca de 50% do texto original.

Meirelles falou a jornalistas após deixar uma reunião na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para discutir a reforma da Previdência. Outros ministros do governo Temer, líderes de partidos no Congresso e o relator da reforma, deputado Arthur Maia (PPS-BA) também estavam no encontro.

De acordo com o ministro, o governo não vai abrir mão de manter na proposta alguns pontos, entre eles a criação de idade mínima para aposentadoria, que hoje, no texto, está em 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Meirelles disse, que o texto final da proposta ainda não está fechado e que é alvo de discussão no Congresso, que terá a última palavra. Ele apontou, porém, que, independente de qual seja a versão final, é preciso que ela contribua para reduzir o déficit da Previdência e equilibrar as contas públicas nos próximos anos.

Para o ministro da Fazenda, durante a reunião se consolidou o entendimento de que é preciso votar a reforma da Previdência ainda neste ano. Meirelles argumentou que a reforma vai permitir a eliminação de privilégios já que, segundo ele, atualmente as pessoas de maior renda se aposentam mais cedo que aquelas com menor renda.

Fonte: G1

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS