FILIADO A
NOTÍCIAS SINDIFISCAL/MS
23/05/2016
Energia elétrica volta a subir e puxa inflação pelo IPC-S em maio

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) encerrou maio em alta de 0,68% acima da taxa registrada na última divulgação, de 0,67%.

A energia elétrica voltou a subir e pressionou a taxa em maio. Com isso, entre os três grupos de gastos que registraram as maiores altas, o de habitação liderou - a variação subiu de 0,16% para 0,48%.

Também houve alta no grupo de despesas diversas, que subiu de 1,81% para 2,67%, puxado pelo aumento da variação nos preços dos cigarros, de 4,38% para 6,44%. Já no grupo de comunicação, o aumento foi de 0,26% para 0,29%, com destaque da tarifa de telefone móvel, com alta de 0,32% para 0,5%.

Quedas

Em contrapartida, a variação do grupo de saúde e cuidados pessoais caiu de 2,57% para 2,16% - com destaque para o recuo de medicamentos em geral, de 7,25% para 5,94%. Também houve decréscimo na taxa de variação dos grupos de transportes (de -0,05% para -0,22%), alimentação (de 0,92% para 0,9%), educação, leitura e recreação (de 0,16% para 0,24%) e vestuário (de 0,82% para 0,51%).

Fonte: G1

Link
MAISNOTÍCIASSINDIFISCAL/MS
Sindate