NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

16/03/2016

‘PIB’ da Serasa indica que quadro recessivo do país se aprofundou

A economia brasileira recuou 0,1% me janeiro. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a retração da atividade produtiva foi de 6,1%, ampliando o recuo de 5,7% registrado na comparação interanual de dezembro de 2015. Os dados são indicador da Serasa Experian, conhecido também como “PIB”.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a dupla queda na atividade econômica em janeiro, isto é, contra o mês anterior e contra mesmo mês do ano passado representa tanto um prolongamento quanto um aprofundamento do atual quadro recessivo do país.

Pelo lado da oferta agregada, a queda de 1% na atividade industrial foi a responsável pela retração da atividade econômica do país em janeiro. Na comparação com janeiro de 2015, atingiu 11,7%. De acordo com a Serasa, “tamanho tombo da atividade industrial não ocorria desde fevereiro de 2009”.

O setor de serviços teve pequeno crescimento de 0,2%. Já a atividade agropecuária teve avanço significativo de 2,2%.

Do ponto de vista da demanda agregada, a retração de 1,1% no consumo das famílias foi a principal responsável pela queda na atividade econômica em janeiro. Na comparação com janeiro de 2015, a retração de 7,6% foi recorde negativo de toda a série histórica.

As exportações recuaram 0,1% e importações cresceram 4%, o que também pesou negativamente sobre a economia em janeiro. Na direção contrária, porém sem forças para contrabalançar as pressões negativas sobre a economia, observou-se crescimento de 1,4% no consumo do governo e de 3,9% nos investimentos.

Fonte: G1

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS