NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

13/07/2016

‘PIB mensal’ calculado pela Serasa recua 3,1% em maio

A atividade econômica do Brasil recuou 0,5% em maio, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica, também conhecido como “PIB mensal”.

Frente a maio do ano passado, a queda é ainda maior, de 3,1% –  a menor em 11 meses na base de comparação. Para os economistas da Serasa, esse é um sinal de que a recessão econômica “começa a perder fôlego” ao longo do segundo trimestre.

No ano, a retração acumulada é de 4,5% em relação ao mesmo período de 2015.

Pelo lado da oferta agregada, na comparação mensal, a atividade agropecuária caiu 0,7%; a indústria 2,1% e o setor de serviços, 0,2%. Do ponto de vista da demanda agregada, foi registrada queda de 1,1% no consumo das famílias, de 0,2% no consumo do governo, de 1,6% nos investimentos, de 0,9% nas exportações e de 3,6%, nas importações.

No acumulado do ano até maio, o consumo das famílias recuou 6%, o consumo do governo, 2%, e os investimentos, 15,4%. O tombo na economia só não é maior porque o setor externo vem contribuindo positivamente para a atividade econômica: exportações crescendo 12,1% no acumulado dos primeiros cinco meses do ano e importações caindo 18,4%.

Os economistas do mercado financeiro preveem que o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano feche em 3,35%, segundo boletim Focus mais recente, publicado pelo Banco Central.

Fonte: G1

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS