NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

14/08/2013

Clima econômico mundial piorou de abril a julho, diz FGV

O clima econômico mundial piorou, revela o indicador Ifo/FGV de Clima Econômico (ICE), elaborado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) em parceria com o Instituto alemão Ifo. O indicador recuou de 5,4 pontos no trimestre encerrado em abril para 5,2 pontos no trimestre encerrado em julho. Apesar da queda, o ICE continua na região considerada “favorável”, ou seja, acima dos 5 pontos.O estudo mostra, no entanto, que houve “heterogeneidade” no resultado das principais regiões. Estados Unidos e União Europeia registraram aumento do ICE, de 5,2 para 5,6 e 4,7 para 5,1 pontos, respectivamente.
“A Ásia apresentou tendência similar à da América Latina, com queda expressiva do ICE, de 6,1 para 5,1 pontos. Embora tanto a avaliação da situação atual como a das expectativas tenham piorado na Ásia, a maior queda foi no Indicador Ifo de Expectativas, que passou de 7,1 para 5,7 pontos”, mostra o estudo. Na América Latina, o índice recuou de 5,2 para 4,4 pontos no período, passando para o nível considerado “desfavorável”, ou seja, abaixo dos 5 pontos.

 

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS