NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

09/12/2013

Gasolina custa até R$ 3,37 em MS e postos ?escondem? valor na Capital

O valor médio da gasolina teve reajuste de 4% em Mato Grosso do Sul, segundo pesquisa divulgada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo), de R$ 3,025 para R$ 3,146. No entanto, em algumas cidades, o consumidor está pagando até R$ 3,378 pelo litro. Na Capital, temendo perder a clientela, os postos estão “escondendo” as tabelas com os novos valores do combustível.
Em um posto localizado na Rua Padre João Crippa, no Centro, a placa com os valores saiu da frente para o fundo do estabelecimento. O gerente de pista Marco Antônio da Silva Ribeiro admitiu que a divulgação dos novos preços espanta o consumidor. A unidade também deixou de colocar faixas com os novos valores.
Na Capital, conforme a ANP, a gasolina teve reajuste médio de 4,47%, de R$ 2,971 para R$ 3,104. Já o menor valor praticado pelos postos teve correção de 5,03%, de R$ 2,799 para R$ 2,94. O maior foi majorado em 6,98%, de R$ 2,99 para R$ 3,199.
Os novos preços assustam os consumidores, na avaliação do piscineiro Odinei André Barros Figueiredo, 49 anos. Ele também acha errado o posto não colocar a placa com os novos valores na frente do estabelecimento.
“Tem que ter a placa na frente, é lei”, destacou o construtor civil Silvio Areco, 50, que abasteceu, na manhã de sábado (7), pela primeira vez com os novos valores. Apesar da gasolina estar cotada R$ 3,15, ele não considerou o aumento tão alto. Ele reclamou da pouca visibilidade dada ao percentual da diferença do preço do etanol para a gasolina. Neste caso, se o percentual for inferior a 70%, o etanol é competitivo e tem vantagem em relação a gasolina.

Interior – Mais assustado ainda ficaram os consumidores no interior, onde o preço chega a R$ 3,378, como é o caso de Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital. Apesar de estar mais perto das refinarias, o município pratica o maior preço no Estado. O valor médio está em R$ 3,272 e o menor, R$ 2,99.
Em Paranaíba, a 422 quilômetros de Campo Grande, o reajuste foi de 3%, de R$ 3,193 para R$ 3,289. O menor oscilou 3,12%, de R$ 3,189 para R$ 3,279, enquanto o maior foi de R$ 3,199 para R$ 3,299.
Em Dourados, a 233 quilômetros da Capital, o valor médio teve correção de 3,3%, de R$ 3,149 para R$ 3,254. O maior valor na cidade chega a R$ 3,299.
Nos demais municípios, o preço da gasolina oscila entre R$ 3,10 a R$ 3,26 em Corumbá; de R$ 2,999 a R$ 3,14 em Coxim; de R$ 3,099 a R$ 3,269; e de R$ 2,99 a R$ 3,179 em Ponta Porã.

 

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS