NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS

20/09/2013

Paraná oferece menor carga tributária a micro e pequenas empresas

O Paraná oferece a menor carga tributária às micro e pequenas empresas do país, segundo estudo divulgado nesta quinta-feira (19) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). Já o Mato Grosso é o Estado em que esses empreendedores mais têm de desembolsar em impostos.

A pesquisa analisou o peso dos tributos para as empresas que optam pelo Simples Nacional, regime tributário oferecido a negócios com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões.

Na média, essas companhias têm de abrir mão de 5,2% de suas receitas para arcar com impostos. No caso do Paraná, onde o governo estadual oferece os maiores descontos no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o desembolso dos empreendedores fica em 4,7%.

Os Estados do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul vêm em seguida no ranking de competitividade tributária. Em ambos, a carga de impostos fica em 5,3%.

No Mato Grosso, o campeão em peso de impostos, o desembolso do empresário chega a 8,6% de sua receita total, aponta o estudo. Em seguida, aparece a Bahia, com carga de 8,1%, e Amazonas, com 7,8%.

São Paulo, o Estado mais rico do país, está entre os que mais oneram os pequenos empreendedores: ocupa a 22ª posição, exigindo 7,3% do faturamento das empresas.

MAIS

NOTÍCIAS

SINDIFISCAL/MS